Johnny Coração de Vidro, de Koreyoshi Kurahara

1962, Longa-metragem de ficção, 106’

Realizador: Koreyoshi Kurahara

Sinopse: Mifune, uma jovem fugitiva do traficante de escravos Akimoto, afeiçoa-se pelo seu salvador Joe, que a trata com distância. Perseguindo-se um ao outro, eles viajam de local em local no norte inóspito de Hokkaido enquanto Mifune se envolve num triângulo com Joe e Akimoto. Ela, enfim, chega à praia da sua cidade natal, Wakkanai, onde outrora ouvira uma canção de um poeta, “Johnny Coração de Vidro”, e caminha em direcção ao mar clamando por Johnny, seu salvador fantasmático.