O Monge Apostador, de Shōgorō Nishimura

1963, Longa-metragem de ficção, 99’

Realizador: Shōgorō Nishimura

Sinopse: Num dia de Verão, o sacerdote do Templo Hojûin morre. Assim que sabe da notícia, Harumichi regressa à cidade e organiza um grande funeral. Ele nunca esteve disposto a assumir o negócio da família e tinha escolhido uma vida como professor do ensino médio, longe de casa, mas, tendo em conta as circunstâncias, ele muda de opinião. Como novo chefe do Templo Hojûin, Harumichi luta, dia após dia, por doações como forma de subsistência. Ele tenta levar uma existência regrada, sem excessos, até ao dia em que passa por uma pista de corridas de bicicletas. O som esfuziante da plateia leva-o a um novo modo de vida…